quarta-feira, 18 de agosto de 2021

Vida Boa...


Dirão alguns que vida boa, é a vida selvagem. Sem contas a pagar,sem tantas preocupações.
Afinal,tigres não trocam de roupa, não usam cosméticos nem vão ao salão ou centros estéticos... Não precisam impressionar a namorada com presentes nem as levam ao cinema.
É fácil julgar o que não conhece. É fácil decidir o que outro tem ou não merece.
Ficam impressionados com nossa capacidade de nadar e conseguir cruzar rios de grandes extensões. Mesmo não enxergando bem (nos primeiros dias de vida) e não gostando de acordar cedo para ir malhar na academia. Ainda assim,somos velozes e ágeis.
Somos solitários,aos dois anos já estamos separados da família para conquistar nosso próprio território.
Na hora de caçar contamos com o alfato, e principalmente,com a audição. Marcamos o território com fezes e urina. É mesmo uma vidinha à toa,uma rotina besta. Por que esquentar cabeça?


*Participando da série Uma imagem/um conto que você pode fazer parte e ver onde está o começo de tudo,acesse 👇🏻


13 comentários:

Marli Soares Borges disse...

Olá, Val!
Será mesmo uma vida boa?
Depende do ponto de vista.
Tenho muita pena dos tigres, quanto mais lindos, mais sofrem.
Adorei ler o teu texto.
Bjs
Marli

pensandoemfamilia disse...

Muito bom seu conto, estimula reflexões.
Vida boa não sei, mas acho que seguem sua essência, missão pelos instintos e nós ficamos com os pensamentos nos guiando de lá para cá e com nossas ambiguidades.
Meu lamento se dirige o quanto nós humanos podemos atingir os animais de diversas formas.
Grata pela sua adesão, bem-vinda, bjss

Roselia Bezerra disse...

Boa noite de paz,querida amiga Vall!
Muito bom o percurso do seu conto em base à realidade da vida natural deles.
Fez uma associação boa com nossa vida humana, com responsabilidades muitas e isso que não somos os menos favorecidos o que mais nos dificultaria viver.
Gostei muito de uma certa "sátira" inteligente entre uma vida animal selvagem e a nossa. Sendo assim, se encaixa a tal "vida boa"
mencionada por você.
Muito perspicaz você a sua participação impar.
Tenha uma noite abençoada!
Beijinhos com carinho de gratidão

chica disse...

oi,Vall! Ficou legal a tua participação e provoca bons questionamentos! Valeu! beijos, chica

Cléo Gomes disse...

Muito bom seu conto, querida!
Traz-nos à reflexão do que nem tudo o que vemos é o que parece ser.
Devemos ser gratos pelo que somos e tentar aprimorar nossa capacidade de entendimento humano.

Beijinhos.

Anete disse...



Olá.....................
Gostei de refletir na sua percepção e participação. A vida com os seus desafiantes mistérios, indagações e propósitos divinos.
Uma boa quinta-feira, Val. Abç

Cidália Ferreira disse...

Publicação maravilhosa! :))
.
Tudo em mim é emotivo ...
.
Beijos e um excelente dia.

Fiaris disse...

Hoy es para reflexionar,cariños.

SILO LÍRICO - Poemas, Contos, Crônicas e outros textos literários. disse...

Eu não creio que essa lei
A lei da selva, eu diria
Seja boa. É fantasia
Crer nisso. O leão, o rei
Vive esfomeado e passa
O dia a urrar. A caça
É feita pela leoa...
Ninguém vive "numa boa"
Creio ser uma desgraça.

Bela postagem! Parabéns, amiga! Abraço! Laerte.

A.S. disse...

Olá Vall!
Gostei de ler o texto que nos deixas.
Com todas as ameaças que pairam sobre a vida selvagem, as tuas palavras são verdadeiramente impactantes e talvez façam reflectir sobre tudo o que está acontecendo, não apenas nas florestas, mas em todo o nosso belo planeta!

Um grande abraço!

hanna disse...

Un texto muy bueno para pensar!! Besos.

Rajani Rehana disse...

Beautiful blog

Verena disse...

Linda e reflexiva a sua participação, Vall
Gostei imenso.
Um abraço carinhoso
Verena.

Afastamento Pessoal (10)

Agora tudo começa a clarear Tudo faz muito sentido Todos os sentidos estão a aflorar Ativando as comunicações Confirmando as sen...