quarta-feira, 29 de abril de 2020

Você


Você veio pra acender
O fogo da minha vida
Vivia tão esquecida,nem sabia
Mais viver
Havia esquecido de mim
Você me mostrou o que posso ser
Um novo olhar ....um outro dia
Pensei não haver mais solução 
Você veio com tan-tooo tesão
Quem diria...chegou de mansinho!
Aprendi a gostar do seu carinho
Agora quero viver
Vou inovar...conquistar
Quero Tuuudo quer for pra mim



terça-feira, 28 de abril de 2020

Adrielly Lorenna

Minha Lorenna pequena
Pacotinho de Amor
Lorenna,minha pequena
Presente do Senhor


Adrielle minha alegria
Sinônimo de paz e energia
Chegou em 2018
Nos encheu de felicidade


Folia,criatividade, fantasias
Em parceria com o irmãozinho
Está sempre em atividade

Dois aninhos de felicidade
Deus a trouxe em 28 de abril
Seja luz e bênçãos em nossas vidas 
Viva felicidades mil!


segunda-feira, 27 de abril de 2020

Negócio da China



A salvação vem somente do Altíssimo
Para todo aquele que Nele crêr
Os poderosos seduzem...induzem
As mídias influenciam opiniões
Ditam regras,estilos de vida,para
Aqueles que almejam sucesso
Assim,vivem o retrocesso,sem Cristo

Governantes caem,outros se levantam
Não cessam o articular,as alianças
O fim está cada vez mais próximo
Porém,a propaganda é a alma do negócio
O domínio,dizem,virá da China
Nada de novo existe debaixo deste sol
Em tudo,há sempre um propósito

Enquanto não se instala a paz mundial
Assistimos o povo perecer na miséria
Jovens na criminalidade,buscando respeito
O vírus da discórdia tem infectado o mundo
Uma febre com poder de destruição total
A maldita fome de poder, que a todos consome
Convertendo em deus o miserável homem

sábado, 25 de abril de 2020

Beijos indecentes





Beije-me ele com os  mais
Indecentes beijos da sua boca
Seu cheiro inebria-me toda
Seja,em mim, derramado o teu suor
Quando,enfim, estivermos a sós

Eu sou a pequena que lhe sorri
Não olhes a diferença da nossa cor
Agradável és,entre todos os homens
Beije-me ele, com beijos atrevidos
Na viagem pelo oceano desse amor

Sua voz faz saltar meu coração
Seu corpo é um convite ao deleite
Beije-me ele, com beijos sufocantes
Após vivermos esta entrega, nada
Neste mundo será como antes

sexta-feira, 24 de abril de 2020

Cantiga de Amigo




 Ai África distante!
Sabes novas do meu amigo?
Oh flores que exalam
Tão suave perfume
Conta-me segredos do meu amigo!
Doce amigo,vive em terras ao longe
Ai distante África!
Traz a beleza âmbar da pele
Do meu suave amigo
E a negrura dos seus profundos olhos

quinta-feira, 23 de abril de 2020

Te Vê




Te programa
Tá na sala
Na cozinha 
No quarto
No celular
Quando vai pra cama
Te guia
Te monitora
Te diz o que ler
Manda você ser
Te vê
Te faz contente
Com falsas esperanças
Sabe como se sente
Como deve viver
Quem conhecer
Que lugares frequentar
Vê tudo em você
Te educa
Mas nunca te escuta
Te leva ao mundo
Sem sair do lugar
Um falso poder
Estratégia de te dominar

quarta-feira, 22 de abril de 2020

Espumas




Aroma refrescante
Mãos deslizam 
Atiçam
Água como fundo musical
Envolvidos
Inebriados
Pecado
Mãos subindo
Se perdendo no caminho
Olores se misturam
Espumas
Se dissolvem
Explode o desejo
Corpos
Deslizando
Sob o chuveiro


terça-feira, 21 de abril de 2020

Nem Sempre

Nem sempre
Enxergamos o que olhamos
Falamos o que pensamos
É verdade aquilo que imaginamos

Nem sempre
O belo é admirado
O sabor é apreciado
Faz-se justiça ao injustiçado

Nem sempre
Vivemos e sonhamos
O vento sopra a favor
Carrega-se a marca da dor

Nem sempre
O final é feliz
A verdade é dita
A História está escrita

Nem sempre
Brigar vale a pena
As palavras são suficiente
O amor nos faz contentes

sábado, 18 de abril de 2020

chovia



Eu resistia
Os pingos desciam
Vagarosamente
Molhando
Inundando
Afogando
Arrastando

Eu fugia
Mas não me movia
Olhava
Desviava
Ainda não aceitava
Vazia

Gotas escorriam
Eles riam
Sumiam
Gotas coloridas
Pingos desciam
Torrencialmente chovia

Gotas sem cor
Sem sabor
Que a vida molhou
Arrasou
Levou
Aqui ainda estou

quarta-feira, 15 de abril de 2020

Grito de Saudade

Por onde andas amado meu?
O busquei em minha cama
O busquei e não estavas
Fora de hora,pelas ruas andei
Vaguiei,não o encontrei
Aonde andas agora?
Por que partistes?
Fico a contar as horas
Onde estás amado de minh'alma?
Até que o sol apareça
O buscarei
Somente de ti serei

sábado, 11 de abril de 2020

O que escrevo


Não é lira
Não é soneto
Nem é madrigal
São poesias
Sem rima
Sem regras
Livres formas poéticas
Ora cantigas
Outras vezes oração
Descrevendo sentimentos
Registrando impressões
Avoações...
De livre interpretação

quarta-feira, 8 de abril de 2020

Lucas Gabriel

Lucas,o meu Gabriel
Voz doce,olhos de mel
Atento
Curioso
Vaidoso
Viciado em games
Tem bom gosto
Ama livros
Historinhas de terror
Certo dia me perguntou:
-Vovó,você tem medo 
historinhas de terror?
Minha resposta:
-Não,a vovó não tem medo. 
Você gosta de terror? 
Depois compro 
uns livrinhos,viu?
A voz estava contente
No áudio do ZAP
Eu toda orgulhosa
Do meu pequeno leitor
Que hoje faz seis aninhos
E merece todo amor e carinho

segunda-feira, 6 de abril de 2020

Pandemia




Por que está sempre ligada
Às condições de miséria?
O vírus, invisível,se prolifera
Alcançando outras camadas sociais

O desastre toma proporções
Psicológicas,sociais, econômicas
O mundo está de quarentena
É preciso evitar aglomerações

Os governantes precisam gerar números
As indústrias veem despencar o consumo
A cura foi previamente programada
Para salvar essa gente amedrontada

Pois não percebe artimanhas do Poder
Nem imagina está vivendo uma guerra biológica
Que perpetua a geração de conflitos
Fazendo-a  inimiga das outras nações

Atormentada pelo medo de ficar doente
Não compreende que o vírus é fabricado
Tornando-se,neste momento, miseráveis
Pela falta de conhecimento condenados

Toque de Recolher

Houve um tempo em que todo o Planeta Terra foi convocado ao confinamento. Ninguém devia andar nas ruas sem um motivo plausível,p...