segunda-feira, 28 de fevereiro de 2022

Meu Nordeste



Meu lugar tem cultura
Gente forte…sem besteira
Gente com alma pura
Força da nação brasileira
Meu povo tem leitura
Aqui não falo besteira!

Poetizo minha raíz
Na voz falada ou escrita
Sou repentista feliz
Nem ligo,se não acredita!
Se eu escutar tudo que se diz...
Não sou de mente restrita.

Tentei fazer um cordel
Mostrar o valor do meu povo
Registrei aqui no papel
Bato no peito de tanto gosto
O Nordeste é uma babel
Berço de um povo bem-disposto.

Escrevi um repente
Sem métrica rigorosa
Finalizo toda contente
E de mim orgulhosa!
Para a indiferença dessa gente
Sempre teremos boa resposta.


#Jøfráseø_Editora
*imagem editada por Raimunda Lucinda Martins

https://poetizarpravariar.blogspot.com/?m=1



quinta-feira, 24 de fevereiro de 2022

Ameaça



Antes da ação humana na natureza
Todos,mesmo em diferentes hábitat
Viviam em harmonia
Regidos pelas leis naturais

Cada espécie tem forma peculiar 
de marcar o território
E atacam para obter seu alimento
Ou quando se sente ameaçada

Nas diferentes sociedades
Ocorre algo muito semelhante
Agridem ou são agredidos
Quando bate a insegurança
Quando são de algum modo intimidadas

As pessoas agem por instinto
Ou por vaidade
Quando sentem alguma ameaça
Que as tirem do centro
Que incomode sua zona de conforto

Contudo,esquecem a lei magna do Criador
"Amai uns aos outros,como eu vos tenho amado"
 
O amor do Altíssimo move o mundo
E deveria está em cada coração
Ele nos criou diferentes
Mas não para a competição

O princípio da criação
Se baseia no da igualdade
Todos somos frágeis, perecíveis
Todos somos capazes de vencer
Cada uma das nossas limitações

Para outras espécies o habitat
É o lugar onde vivem e se desenvolvem
Para a espécie humana
Todo o globo é o seu lar
Os humanos querem ganhar o mundo
Querem está em todos os lugares
Quebrando a lei natural
Sentiu porque eles veem ameaças
Vindas de todo lugar?

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2022

Cantiga de Amigo 3



Um dia o nevoeiro
Cobrirá as memórias
Sei que é inevitável
As memórias serão apagadas

Então amiga
Leia estas palavras
Aqui, um pouquinho
da vida estará eternizada

Um dia esse nevoeiro
Me fará esquecer de mim
Estarei presente
Apenas de corpo
Amiga,os sentimentos
Estarão mortos

Por isso acesse
Arquivos que escrevi
Leia,ria,reviva...
Momentos que levarei comigo
Abrigados numa terra não conhecida

Algum dia não terei
Acesso às memórias
Enquanto eu estou aqui
Precisamos sentir a vida
Pois dela não se leva nada.


*imagem* k1 ng brunna
#Jøfráseø_Editora

domingo, 13 de fevereiro de 2022

Cantiga de Amor 9

imagem👉🏻Mungfali. com

Quem dera estar perto daquele que amo!

Meu semblante tristonho, denuncia esse louco querer.

Quisera atravessar o oceano,na busca de viver ao lado daquele que amo…
Enfrentaria o vendaval,galopando sobre o vento.
Viver afastada de ti,meu pior tormento!

Quem dera ter a certeza dos seus sentimentos,isso aplacaria parte desse sofrimento.

Amado meu,quero tanto saber se estou nos teus sonhos!

Se acordas risonho,se pensas em mim ao longo do dia…

Me ver nos teus olhos,será minha maior alegria!


 💜💜💜💜💜💜💜💜💜💜💜



📣Parei um pouquinho por aqui para retomar meu projeto de "Cantigas de Amor e de Amigo". Como nunca falei sobre o meu jeito de fazê-las,tendo por base o Trovadorismo,resolvi esboçar o meu poetizar nada provençal.

Cantiga de amor,surgiu na Idade Média (Trovadorismo) e traz um lírico masculino,que canta o amor não correspondido. No entanto,se mantém altivo e disposto a ter sua dama em um momento futuro,eterno pretendente: 
Um "quem sabe ela me nota"! 
Ou "Estarei aqui" quando ela estiver livre. É uma espécie de suserania e vassalagem poética.
A dama é apresentada por características, idealizadas,de comportamento e de beleza.

Na versão que escrevo,haverá um lírico (também) feminino. Isto é,terá vozes femininas e vozes masculinas nas minhas produções. E o amor será correspondido em muitas situações.
Trago diversas linguagens e cotidiano dos nossos dias.
Eu não costumo reproduzir estilos,mas crio minha marca a partir dos existentes.
Outro ponto,o meu eu poético nem sempre trará o formalismo. As linguagens são diversificadas,ilustrando diferentes sociedades.
Como no meu poetizar,tudo será despadronizado. Os estilos literários variam,de acordo com o assunto abordado.
A Literatura e seus movimentos trazem as características de uma época. Tais marcas nos guiam nos dias atuais. Pois, a escrita é geográfica. Ela mostra direção,aponta endereços e permite novas rotas.

RE Cortes

>Infelizmente,não deu para botar outras fotos. É muita gente!< Eu sou fragmento de um imenso mosaico. Arte tecida pela vid...