segunda-feira, 21 de junho de 2021

Resumo


O ano era 1930
Rachel de Queiroz
Escrevia um clássico
Da Literatura brasileira
Ali descrevia suas memórias
Registrando suas impressões
De uma das grandes secas no Ceará
Assim chegou aos nossos dias
As palavras que ela ali escrevia
A fome se alastrava
As pessoas padeciam
No meio de tanta miséria
Um amor acontecia
Vicente e Conceição
Jamais se uniriam
Ambos tinham modos distintos 
de ver a vida
Quando a fome passou
Outro tempo começou
Conceição se dedicava ao Duquinha
Era sua madrinha
Vicente trabalhava noite e dia
Professora independente
Vivia para ajudar aquela gente
No campo de concentração dos retirantes,ali a vida jamais seria como antes

Um mal entendido os afastou 
(É o que sugere as entrelinhas)
Pois Conceição rejeitou
Viver calada 
Fingir não ver as escapadas
Que seu possível marido daria
Sentia que não nasceu para 
o casamento,seu tormento!
Mesmo desejando viver tal alegria
Uma história muito atual
Apesar das "evoluções sociais"
O romance ficcional
Pode se assemelhar
Com tantas realidades
De homens e mulheres
Que vivem era digital

9 comentários:

" R y k @ r d o " disse...

Poema lindíssimo que muito gastei de ler.
.
Feliz semana. Abraço
.
Pensamentos e Devaneios Poéticos
.

Cidália Ferreira disse...

Uma partilha magistral. Amei o Poema!
~~
Queria ser, muito mais, que um Ser
~~
Beijos, e uma excelente semana.

pensandoemfamilia disse...

Grata pela partilha que traz uma história muito real. Não li o livro, mas com sua poesia viajei...bjs

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida amiga Vall!
Interessante ter trazido para cá o livro.
Quem dá escapadas não está feliz onde se encontra, caso contrário, não o faria.
Excelente mensagem para a atualidade como bem frisou.
Tenha dias abençoados!
Beijinhos carinhosos e fraternos de paz e bem

Verena disse...

Obrigada por partilhar está linda poesia , Vall.
Adorei!
Um grande abraço
Verena

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

É.... tem tudo a ver sim. Parabéns pela percepção.

Jovem Jornalista disse...

Gostei do resumo desse grande clássico nacional!

Boa semana!

Jovem Jornalista
Instagram

Até mais, Emerson Garcia

Luiz Gomes disse...

Boa noite Vall. Uma linda e maravilhosa homenagem, a uma escritora especial.

Fê blue bird disse...

O seu belo poema Vall,
despertou-me o desejo de ler o livro.
Vou pesquisar para ver se o encontro.

Um beijinho