quinta-feira, 15 de outubro de 2020

Banho de Chuva

 


Ela corria feliz na chuva 

Era assim no mês das trovoadas

Descalça e sem blusa

Subia e descia as calçadas


Em janeiro começava a chuvarada

Mês de reparar as goteiras

De fazer lambedor pra meninada

E aparar água na biqueira


Mês de dormir com as costas quentes

Por cometer o desatino

De correr contente na chuva

Menina de short e descalça

Que pensava já ser gente


Subia e descia as ladeiras

Não sentia cansaço,suja de lama

Molhada de brincadeiras

Tudo que não queria era a cama

Toda descabelada,debaixo da biqueira


* Na minha infância,janeiro era o mês das "chuvas de trovoadas". Mês quente e úmido; a chuva trazia resfriado e gripes devido o choque térmico.

*biqueira: cano para queda d'água do telhado,ou embutido jogando a água na rua.

sexta-feira, 9 de outubro de 2020

Desafio Literário|Depois de tudo,a paz.

Depois de desencontros
Depois de tanto amar
Depois de ser família
E como família perpetuar.

Depois de cada tempestade
Depois de viver com verdade
Depois de muito lutar
E ver o fim nos arrastar.

Depois de reaprender o respeito
Depois de amar direito
Depois de precisar decidir
Foi minha escolha sair.

Depois de tantos absurdos
Depois de dias confusos
Depois que tudo se refez
A paz reinou outra vez.

sábado, 3 de outubro de 2020

Desafio Literário| Impressões do Cheiro


Cheiros que irritam
Cheiros que entristece
Cheiros que purificam
Cheiros que adoece

Cheiros não percebidos
Cheiros que maltraram
Cheiros esquisitos
Cheiros que desgastam

Cheiros que transportam
Cheiros que se eternizam
Cheiros que desconfortam
Cheiros que identificam

Cheiros que seduzem
Cheiros que invadem
Cheiros que confudem
Cheiros que ardem


Ele disse que posso e eu me meti mesmo!
Mais um desafio para dar asas à criatividade com  Panografias

Então se deseja sentir outros cheiros:
1. Escreva um texto/poesia no formato que desejar,com o tema CHEIRO.
2. Publique no seu blog e em outras mídias (redes sociais).
3. Leve o link para o blog Panografias do queridíssimo Sandro Ernesto.
Este desafio começou no dia 01/10 e termina no dia 30/10 para que possamos ler e interagir com todos os participantes.


*Fiz confusão com os desafios,por isso peço-lhes desculpas. O desafio continua. A palavra a desenvolver é PAZ e as regras são as mesmas. Mas,devem levar o link para o blog do Rodrigo Meyer. Obrigada Sandro.

segunda-feira, 28 de setembro de 2020

Domingo

Abro a porta
A luz da manhã
Invade a sala
Me jogo no safá
Exausta
Com um fio de vida
A imaginar
Forças?
Onde procurar?
A casa me olha
O cansaço apavora
Ali jogada
Ali desistimulada
Todos os dias são iguais
O sol aquece
A chuva molha a terra
Os pássaros cantam
Borboletas sobrevoam
O desafio segue
Enfrentar a mim mesma
Sem deixar que todos percebam
Que ultrapassei os meus limites